Menu

terça-feira, 26 de março de 2013

Luxúria - Luxúria livro 01 - Eve Berlin (Resenha #104)

Editora: Lua de Papel

Páginas: 256
Capa: 
História: 


SINOPSE: Quando achava que era hora de parar... Ela então pediu por mais... Quando Dylan Ivory, escritora de romances eróticos, recebe o contato de Alec Walker, nem imagina o quanto esse homem pode mexer com seus pensamentos. Conhecido por ser um famoso dominador em relações sadistas e sadomasoquistas, Alec tenta convencer Dylan de que a melhor forma de se aprofundar no assunto - e então escrever um livro o mais próximo possível da realidade - é viver uma experiência como submissa e sentir na pele a sensação desse tipo de relação. Para Dylan, essa proposta será difícil de ser aceita - uma vez que ela é fanática por ter o controle de tudo em sua vida. Embalados por um misto de prazer e apreensão, o casal se vê em uma situação tentadora enquanto evitam entregarem-se ao sentimento que nasce entre eles.





Como eu sempre(desde os romances de banca) gostei de livros do gênero, então este estava na minha lista de leituras. Dylan é uma escritora de romances e livros eróticos, porém como sua amiga Misha diz, apesar de escrever sobre o assunto, ela nunca acreditou muito no amor e nunca se deixou envolver. Dylan é segura de si, impõem  sua presença e não consegue resistir a desafios. Ao ter que escrever seu novo livro erótico, sobre submissão, ela resolve procurar Alec (oh Alec), já que ele é expert nesse assunto. Alec é O imponente, alto, charmoso, voz grave, olhar sedutor, ou seja, Dylan não previu aquilo e ficou tensa (saliente rs) com aquela situação. Alec  lança-lhe um desafio(rs), como ela vai escrever sobre algo, sem vivenciá-lo? (né bobo não ein).
 E ai né gente, preciso descrever algo mais?? Rsrs. Eles vão mantendo essa relação de submissa e dominante, porém Dylan não é do tipo que gosta de ordem, mas Alec é tão, tão, envolvente? Rs, que as coisas fogem de seu controle.

Os capítulos são intercalados entre eles, assim ficamos sabendo o que cada um pensa. Eu gostei de ambos os personagens.  Gostei da atenção do Alec, saber se ela tava bem e tal. Gostei do Dante, pena que ele não aparece tanto. Eu só consegui parar de ler quando terminei. O sadomasoquismo aparece bem pouco e é mais "leve" comparando-se com 50 tons. Me envolveu, mas apesar disso, o enredo é um tanto, hum..vazio, não acontece outras coisas, além de hum...sexo? submissão e sexo. É, ela não sai de manhã e faz suas atividades e ai depois de um dia exaustivo, encontra ele, não! Quando acontece algo pela manhã, logo passa a ser noite e devido a tudo isso eu diria que esse é o ponto negativo do livro, o enredo, daria 3,5, mas como não há quebrados no skoob, arredondo para 4, por ter me entretido e pelo jeito do Alec, valeu  a leitura.



A campainha tocou, ela levantou-se e foi até o interfone.
– Espere um segundo, Mischa. Quem é?
– Dylan... – a voz de Alec era profunda, suavizada pelo desejo.
– Alec, você me trouxe faz só uns dez minutos.
– Eu sei. Mudei de ideia. Ainda não estou pronto para deixar você.




Lista livros hot's que já resenhei aqui no blog
Minha lista de livros hot no skoob, alguns não foram resenhados aqui (banca)

Alguém já leu, o que achou?
Pretende ler, não gosta?
Compartilhe sua opinião!

Beijokas :)

6 comentários:

  1. Oh que menino bobinho será que se cria? hahaha
    E a garota ainda caiu na conversa. Ele é envolvente mesmo, só pode. hahahaha
    Menina peguei esse livro e amei a capa, mas fico meio assim de gastar num que só tenha sexo de foco, gosto quando tem uma boa história antes das cenas hot. Por isso sonho que um dia publiquem Catherine Anderson por aqui.
    Ri demais com os comentários dentro da resenha, você é uma graça. haha
    Adorei a dica. =)

    ResponderExcluir
  2. gostei da capa,e voce fez uma otima resenha,parabéns

    http://melanciapink.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Não curto essa temática por isso não pretendo lê-lo.

    ResponderExcluir
  4. Poxa difícil não lembrar de 50 tons cm um livro cuja temática erótica ainda por cima envolve o sadomasoquismo haha
    Eu não tenho nada contra livros eróticos, embora os únicos que eu tenha gostado foram os da IAN e sinceramente DETESTEI 50 tons de cinza em um grau que nem consegui terminar de lê-lo kkkk
    Então não sei se eu leria esse Luxúria, mas confesso que esse Alec me deixou ligeiramente curiosa...
    Beijããããããão amr ♥

    ResponderExcluir
  5. Oi flor,
    Tudo? Quanto tempo...
    Então sabe que ate tenho vontade de ler esse livro e fiquei feliz com o que tu disse sobre ele nao ter tanto sado pois nao gosto disso gosto mais do romance mesmo isso me motivou.
    Bjss
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Adorei o "saliente", Effy!! hahaha...

    Mas não tenho interesse em ler... preguiça desses eróticos, principalmente dos que têm essa história de submissão também... por enquanto só a Bella Andre me agradou! rs...

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar no Ensaios de uma Leitura!
Volte Sempre!

Bjkas ^_^