Menu

sábado, 26 de outubro de 2013

Simplesmente Irresistível - Livro 01 - Rachel Gibson (Resenha #119)

Páginas: 389
Editora: Geração Editorial
Capa: ★★
História:  
Sinopse: Cheia de romantismo, humor e picardia, esta história da inigualável Rachel Gibson começa com o casamento, no Texas, da recém-formada Georgeanne com o milionário Virgil, um homem três vezes mais velho que ela. Os únicos talentos de Georgianne são cozinhar e falar muito, mas o que Virgil realmente aprecia nela é o corpo curvilíneo e perfeito. Percebendo que não é capaz de desposar um homem com idade para ser seu avô, Georgeanne larga o noivo no altar e foge com o astro do hóquei John Kowalsky, que joga no time do qual Virgil é proprietário. John não faz ideia da encrenca em que se meteu, e só percebe que está ajudando a noiva do seu chefe quando já é tarde demais. Uma longa noite se estende diante deles, e nenhum dos dois resiste à tentação de passá-la juntos. Mas, no dia seguinte, John dispensa Georgeanne para não comprometer sua carreira, deixando-a com o coração partido e sem rumo. Sete anos depois, os dois se encontram novamente. Georgeanne é sócia numa empresa de catering em seattle e ele deixou os dias de rebeldia para trás. outra surpresa aguarda John: ele descobre que aquela noite de amor produziu uma filha adorável e incorrigível, de cuja vida ele quer fazer parte. A paixão por Georgeanne renasce; mas será que ele vai se arriscar, novamente, a incorrer na cólera do seu patrão? Ela, vai aceitá-lo, depois de ter levado um fora dele? Diversão garantida também é o romance de Mae e Hugh, amigos dos protagonistas, nesta trama hilária, cheia de personagens impagáveis, de uma das autoras mais lidas e apreciadas da atualidade.




Georgeanne (Georgie) deixa Virgil no altar e foge, ela acaba pegando carona com um de seus jogares, e quando ele descobre fica na dúvida se a ajuda ou não, mas acaba por fazê-lo. Ele a leva para sua casa de praia, para ela se restabelecer, claro que a tensão sexual entre os dois é gritante então John fica entre a cruz e a espada e o que ele escolhe? a cama, lógico rs. Porém, depois de tudo ele compra uma passagem para Georgia, partido seu coração. Mas quando está só ela resolve ficar e passa a trabalhar com Mae. Sete anos depois, em uma bela noite, ela encontra quem, John e sai correndo, sim agora ela tem algo a esconder. John descobre onde ela mora e vai até ela e lá, ele descobre porque ela fugiu, ela queria esconder a realidade(que estava apaixonada por ele ainda? não, quer dizer sim) que eles tinham uma filha e logo ele quer assumir a paternidade da menina e ai temos o desenrolar maior da história.

As discussões são frequentes e ai vem as tentativas de resistir um ao outro. Os outros personagens são ótimos também, a Mae tem uma personalidade e tanto e o melhor amigo de John, Hugh não fica atrás, ele é divertido e sempre tenta irritar Mae, assim os diálogos entre eles sempre são bons. Foi o primeiro livro da Rachel que li e claro, pretendo ler outros. A narrativa é divertida, e os diálogos no geral são bem humorados. A Geogie no inicio é meio fragilzinha, mas após ter sua filha passa a ser totalmente independente, forte. Apesar do enrendo não ser algo tão inovador, eu não me importo, pois eu adoro este gênero. A leitura fluiu bem pra mim, tanto que devorei o livro. A capa é linda, a diagramação do livro é confortável (páginas amarelas e fonte em boa numeração). Um romance divertido que pode deixar com gostinho de quero mais!




Onde Comprar: Saraiva / Fnac / buscapé (todas as ofertas). 

Vocês já leram algum livro da Rachel Gibson? leriam este?
Bom Domingo!


quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Destrua-me - Trilogia Estilhaça-me - Livro 1.5 - Tahereh Mafi (Resenha #118 )

Páginas: 99
Editora: Novo Conceito
Capa: ★★
História:  

Sinopse: Perfeito para os fãs de estilhaça-me que aguardam desesperadamente a liberação de Liberta-me, este original digital da série irá preencher a lacuna entre esses dois romances a partir da perspectiva do vilão que todos nós amamos odiar, Warner, o líder cruel do Setor 45. Em estilhaça-me de Tahereh Mafi, Juliette escapou o restabelecimento seduzindo Warner e, em seguida, colocando uma bala em seu ombro. Mas como ela vai aprender em Destrua-me, que Warner não é tão fácil de se livrar. . . De volta à base e se recuperando de seu ferimento quase fatal, a Warner fará de tudo em seu poder para manter seus soldados em cheque e suprimir qualquer menção de uma rebelião no setor. Ainda que obcecado com Juliette, como sempre, a sua primeira prioridade é encontrá-la, trazê-la de volta, e dispor de Adam e Kenji, os dois traidores que ajudaram a sua fuga. Mas quando o pai de Warner, O Comandante Supremo do restabelecimento, chega para corrigir os erros de seu filho, é claro que ele tem muito planos diferentes para Juliette. Planos esses que Warner simplesmente não pode permitir. Na sequencia de Estilhaça-me e antes de sua próxima sequencia, Liberta-me, Destrua-me é uma estoria contada a partir da perspectiva da Warner, o líder cruel do Setor 45.

Eu como fã da série estava querendo acompanhar esta história já que Destrua-me é contada pelo Warner. A história continua a partir dos eventos de Estilhaça-me, Warren está machucado e se restabelecendo, além de estar furioso com a fuga de Juliette. Neste livro o conhecemos melhor e se você leitor, assim como eu nutria certa antipatia pelo vilão, bom, venha preparada(o) para simpatizar ou até gostar dele, pelo menos foi o que ocorreu comigo. Vemos um Warren totalmente diferente, conhecemos seus pensamentos, sentimentos e fraquezas. E vamos combinar, ninguém merece aquele pai dele né, que chega para por "ordem". Seu pai o general supremo deixa bem claro quais são seus planos para a Juliette. E ainda para simpatizarmos ainda mais pelo nosso vilão, ele encontra o diário de Juliette e passa a sofrer ao ler cada pensamento dela (tadinho). Agora me digam, como odiar ele depois de conhecer sua vulnerabilidade e pensamentos?


Tomara que tenha outro conto após Liberta-me rs
Este conto em ebook foi disponibilizado pela editora, para baixar  AQUI
Quem já leu, o que achou?

Se eu demorar a passar no blog de vocês não estranhem, minha net tá uma patifaria(vocês conhecem esse termo? rsrs, todo estado tem suas palavrinhas estranhas né rs = adaptado ao contexto, de sacanagem, uma merda... ah pronto, me trolando rs).

Beijos tuk tuk tuk :*

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Vou lhe mostrar o medo - O mistério de Edgar Allan Poe - Nikolaj Frobenius (Resenha #117)


Páginas: 296
Editora: Geração Editorial
Capa: ★★
História:  

Sinopse: Edgar Allan Poe (1809-1849), o célebre poeta e autor de histórias de terror, bem como criador do gênero policial na literatura, é o protagonista deste romance de suspense psicológico, que discute os limites da criação literária e a responsabilidade moral da arte. Nele vemos o jovem escritor norte-americano afligido pela pobreza, angustiado com a enfermidade da sua frágil esposa e assombrado por um maníaco que comete assassinatos inspirados nos seus escritos, além de sabotado em sua carreira pelo crítico literário Griswold, que lhe dedica um misto de admiração e ódio. Publicado em toda a Europa, traduzido em dez idiomas e plagiado por Hollywood, este romance premiado marca a estreia, no Brasil, de Nikolaj Frobenius, um dos grandes expoentes da moderna literatura norueguesa. 


Edgar Allan Poe perdeu sua mãe ainda criança, ele e seus outros irmãos foram adotados por famílias diferentes. Foi a universidade querendo tornar-se escritor para mostrar a seu pai adotivo que valia mais do que ele pensava. Poe era um tanto exótico para os poetas de sua época  pelo menos era o que todos achavam. Os contos e poemas dele apesar de inteligentes eram um tanto mórbidos, sombrios e nem todos sabiam apreciar, porém para outros ele era um gênio. Mas depois que houve um assassinato um tanto bizarro, já que a forma da morte era igual ao um dos contos de Poe, algumas suspeitas pairam sobre ele.

O enredo mostra a vida de Poe, sua busca pelo sucesso, sua vida amorosa e esses misteriosos assassinatos tão idênticos a seus contos. Eu queria que houvesse mais ênfase aos assassinatos, pois alguns momentos ficava muito na vida, do dia a dia dele. Os personagens são bons, cada um em seu momento da história, mas além do Poe, Ruffus Griswold se destaca, ele foi um tanto enigmático para mim, hora achava que ele odiava Poe, hora que respeitava, ou que amava(é amava). Juro que achei que seria um livro mais “aterrorizante”,  sombrio, (eu queria) até pelo título, mas que nada, a história na minha opinião tem um leve suspense e só, não causa medo, horror nem nada do tipo.

Edgar Allan Poe era um poeta norte – americano, que de acordo com as informações da orelha do livro e da sinopse do skoob, foi um criador do gênero policial.



Onde Comprar: Saraiva / Fnac / Travessa / Buscapé (todas as ofertas)

Alguém já leu? Quem não, leriam?

Uma ótima segunda! Beijos tuk tuk tuk :*

sábado, 19 de outubro de 2013

Lançamentos de Outubro: Arqueiro/Sextante e Pensamento Cultrix/Jangada


O HOMEM QUE AMAVA MUITO OS LIVROS

Autor(es): Allison Hoover Bartlett
Editora: Seoman
Páginas: 208

O impenitente ladrão bibliófilo Gilkey roubou uma fortuna em livros raros. Porém, diferentemente da maioria dos ladrões que roubam para auferir lucro, Gilkey rouba por amor: amor aos livros. Talvez igualmente obsessivo seja Ken Sanders, o autointitulado "bibliodetetive", que dedica-se a capturá-lo. Com um misto de suspense, intuição e humor, a jornalista Allison Hoover Bartlett teceu sua narrativa acerca da perseguição ao estilo "gato e rato", que revela precisamente não apenas como Gilkey cometeu seus crimes e o modo como Sanders conseguiu capturá-lo, mas, também, explora o aspecto romântico dos livros, do anseio por colecioná-los e da tentação de roubá-los.


O TESTAMENTO DO JUÍZO FINAL

Autor(es): James Douglas
Editora: Jangada
Páginas: 408

Jamie Saintclair, um especialista em recuperação de obras de arte, achava que conhecia o avô; mas, quando se depara com o diário perdido do ancião, fica surpreso ao descobrir que o amável clérigo anglicano era um herói condecorado do Serviço Aéreo Especial, na Segunda Guerra Mundial. E o avô ainda lhe reserva outra surpresa: um mapa escondido dentro da contracapa do diário, com um estranho simbolismo nazista. Essa simples descoberta irá lançá-lo numa vertiginosa caçada ao tesouro por toda a Europa e num mergulho no passado sombrio da Alemanha. Existem pessoas que matariam para encontrar o artefato perdido e, embora não saiba disso, Saintclair detém a chave para seu esconderijo.


A BIBLIOTECA PERDIDA DO ALQUIMISTA   

Autor(es): Marcello Simoni
Editora: Jangada
Páginas: 368

Primavera de 1227. A Rainha Branca de Castela desaparece de forma misteriosa. Estranhos rumores se espalham pelo reino e alguns falam de uma intervenção diabólica. A única pessoa que pode resolver o enigma é o mercador de relíquias Ignazio de Toledo, conhecedor de ciências herméticas e notável por sua capacidade de resolver mistérios antigos. Em Córdoba, onde Ignazio foi convocado, ele encontra um velho mestre, que fala de um livro que todos procuram e que pode dar pistas sobre o desaparecimento. Porém, no dia seguinte, o mestre é encontrado morto, envenenado. A busca de Ignazio começa imediatamente. O encontro, em seguida, com uma freira e um homem considerado por todos um possuído, conduz Ignazio ao castelo de Airagne e a um misterioso homem, o Conde de Nigredo. Nesse local se oculta um terrível segredo, mas não será fácil sair dali com vida depois que ele for descoberto.





Onde mora a coragem - Stanley Gordon West


Cada morador da pequena cidade de Willow Creek parece guardar um passado de perdas, alguma história que os fez buscar esse lugarejo esquecido pelo mundo e nele se estabelecer. Apesar de tudo, eles seguem adiante com determinação. Durante o rigoroso inverno, quando o trabalho nas fazendas diminui, os jogos de basquete são a força vital da cidade. Se o time perde, o desânimo se instala e o frio se torna insuportável. E já se vão cinco anos sem que a equipe de Willow Creek obtenha uma vitória sequer. Contudo, o destino ainda reserva algumas surpresas. Quando um excelente jogador vindo de Milwaukee e um norueguês de mais de 2 metros de altura chegam à cidade, o técnico Sam Pickett vê neles a possível salvação do time. Sam assume a difícil missão de ensinar basquete ao gigante e consegue reunir um grupo improvável de seis garotos. Com o novo desafio e a ajuda inesperada de Diana Murphy, a professora de biologia, Sam vai combater seus fantasmas e tentar reconstruir a própria vida. Onde mora a coragem é uma comovente história que mostra que o verdadeiro heroísmo está em recusar-se a desistir, mesmo quando parece não haver nenhuma chance de vitória. 



Anjo caído - Daniel Silva



Após quase ser morto em sua última missão, o ex-agente israelense Gabriel Allon não quer mais pensar no serviço de inteligência. Dedicando-se a seu trabalho como restaurador de arte, ele se refugia no Vaticano para dar nova vida a uma das maiores obras-primas de Caravaggio. Certa manhã, ele é chamado à Basílica de São Pedro pelo monsenhor Luigi Donati, o poderoso secretário pessoal do papa Paulo VII. Sob o magnífico domo de Michelangelo, jaz o corpo de uma linda mulher. A polícia suspeita de suicídio, mas Donati não acredita nessa hipótese e pede a Gabriel que investigue discretamente o caso. Ele só recomenda que Allon fique atento à regra número um do Vaticano: “Não faça perguntas demais.” Gabriel logo fica sabendo que a mulher descobriu segredos perigosos que ameaçam uma organização global envolvida com o comércio ilegal de antiguidades. Sem saber aonde sua caçada o levará, ele precisa impedir um atentado devastador que mergulharia o mundo em um conflito apocalíptico. Uma inebriante mescla de arte, intriga e história, Anjo caído conduz o leitor por câmaras obscuras do Vaticano, pistas de esqui glamourosas de St. Moritz e avenidas graciosas de Berlim e Viena, até alcançar o inesperado clímax nos subterrâneos do território mais sagrado e disputado do mundo. 


Marcoré - Antonio Olavo Pereira



“O que constitui a maior originalidade do romance é a sua construção. Nele o fio da vida corre como a própria vida. É um livro de valor. Um livro que faz chorar. Mas é acima de tudo um romance.” – José Lins do Rego Publicado pela primeira vez em 1957,Marcoré recebeu o Prêmio de Romance da Academia Brasileira de Letras e foi aclamado pelo público e pela crítica, sendo considerado uma das grandes obras da moderna literatura brasileira de cunho psicológico. Depois de mais de duas décadas fora do mercado, ganha nova edição em comemoração ao centenário de nascimento do autor, com belas ilustrações do gravurista pernambucano Newton Cavalcanti. Com um estilo sóbrio e intimista, Antonio Olavo Pereira retrata o dia a dia de uma pequena cidade no interior de São Paulo. O protagonista é o oficial-maior do cartório da cidade, um homem introspectivo que se vale de seu privilegiado posto de observação – aonde as notícias sobre nascimentos, mortes, casamentos e acordos comerciais chegam em primeira mão – para especular sobre as motivações ocultas das pessoas e refletir sobre a condição humana. Consciente da precariedade da existência, ele enxerga a vida com um pessimismo temperado com compaixão. O drama central da narrativa, no entanto, se desenrola na vida pessoal do oficial-maior, dentro da casa dos sogros – onde mora –, no convívio com a doce e frágil esposa, Sílvia, e nas dificuldades de relacionamento com a sogra irascível. A sufocante rotina familiar acaba sendo quebrada por uma notícia surpreendente que irá provocar mudanças inesperadas para todos: depois de dez anos de casamento, Sílvia descobre que está grávida do primeiro filho, Marcoré. Preciso e econômico na linguagem, Antonio Olavo Pereira demonstra um profundo conhecimento da natureza humana ao criar personagens extremamente verossímeis que parecem compor um documento da vida familiar brasileira. 


Pela luz dos olhos seus - Janine Boissard



Uma emocionante história de amor de Janine Boissard, uma das mais renomadas romancistas da França, com mais de 1,8 milhão de livros vendidos no mundo. Laura Vincent cresceu entre o mar e as macieiras da Normandia. Passou a adolescência à sombra da irmã mais velha. Agathe – a bela – era admirada e disputada por todos os garotos da cidade; Laura – a pequena – passava as noites em casa, lendo romances. Mas o destino preparou uma surpresa para Laura. Trabalhando como assessora de imprensa de músicos, ela recebe, no dia seguinte ao seu aniversário de 26 anos, a visita do agente de um dos tenores mais famosos do mundo. Ela é requisitada para ser guia dele e seu chefe não deixa margem para discussão. Rico e bem-sucedido, Claudio Roman viaja pelo mundo emocionando plateias com sua voz. Fã de banquetes, bebedeiras e belas mulheres, ele parece ter tudo o que quer, porém seu comportamento esconde a amargura de nunca poder interpretar Alfredo, em La Traviata, por causa de um ataque criminoso que lhe custou a visão. Laura está preparada para lidar com um homem difícil e arrogante, mas, assim que ouve Claudio cantar pela primeira vez, ele toca seu coração. Aos poucos, mais do que sua guia, ela se torna também a confidente das noites sombrias de angústia. Como ela nunca lhe pede nada em troca de seu apoio, Claudio promete lhe dar qualquer coisa. No momento certo, ela cobra a promessa: quer que o cantor se submeta a um transplante de córnea capaz de lhe restituir a visão de um dos olhos. Apaixonada e convencida de que Claudio não precisará mais dela quando voltar a enxergar, Laura vai embora sem se despedir e sem dar a ele a oportunidade de vê-la. Será que Claudio saberá lidar com essa decisão? Ou ele vai enfim perceber que sempre lhe faltou o alimento mais essencial à vida: o amor? 



Sessão de Terapia - Jaqueline Vargas


“Theo tem um tanto de anti-herói: por trás da máscara profissional impenetrável, há um homem a um passo do colapso.” – Veja Sessão de Terapia, o livro, traz o relato secreto de Theo Cecatto – seus pensamentos, suas fobias e os acontecimentos antes e depois de cada sessão. É um diário emocional de tudo o que aconteceu com ele enquanto Júlia, Breno, Nina, João e Ana estavam em terapia. Aos 56 anos, dono de uma carreira sólida na psicologia e com um consultório lotado de pacientes, ele se encontra em uma dupla crise. Seu casamento de décadas parece um campo minado. Fora isso, o trabalho, que sempre foi tudo para ele e seu maior aliado para fugir dos problemas, se tornou um fardo insustentável. Numa narrativa que surpreende pela complexidade dos personagens e de seus dilemas, o livro conta em primeira mão o que não foi mostrado na série de TV e ficou reservado para os leitores. A voz de Theo revela gradativamente o homem por trás do profissional e a humanidade gigantesca que existe em tentar ajudar o outro em seu caminho de autoconhecimento. Mais de 9,5 milhões de espectadores mergulharam na atmosfera intimista do consultório de Theo para assistir a Sessão de Terapia, versão brasileira da série israelense que conquistou crítica e público em mais de 30 países. Sucesso na TV, o cotidiano dramático de um psicólogo e seus pacientes ganha agora nova dimensão ao levar o leitor para o universo pessoal do terapeuta.


E ai, quais dos lançamentos vocês curtiram?
No site das editoras vocês encontram mais informações..

Beijos tuk tuk tuk :*

domingo, 13 de outubro de 2013

Os Adoráveis - Eles não têm medo de ser quem são... - Sarra Manning (Resenha #116)


Páginas: 381
Editora: Novo Conceito
Capa: ★★
História:  ★ 
SKOOB

Sinopse: Jeane é blogueira. Seu blog, o Adorkable, é um blog de estilo de vida — na verdade, o estilo de vida dela — e já ganhou até prêmios na categoria “Melhor Blog sobre Estilo de Vida” pelo e Guardian e um Bloggie Award. Adora balas Haribo, moda (a que ela cria, comprando em brechós) e colorir (ou descolorir totalmente) os cabelos. Cheia de personalidade e meio volúvel, ainda assim Jeane é bacana — mesmo nos momentos em que se transforma numa insuportável. Mas, certamente, ela não olharia duas vezes para Michael. Porque Michael é o oposto de Jeane. Ele é o tipo de cara que namoraria a garota mais bonita da escola. E compra suas roupas na Hollister, na Jack Wills e na Abercrombie. Além disso, diferente de Jeane, que é autossuficiente, Michael é completamente dependente do pai, o Clínico Geral que condena açúcar, e ainda permite que sua mãe compre suas roupas! (Embora, para Jeane, o pior mesmo sobre Michael é que ele baixa música da internet e nunca paga por isso). Jeane e Michael têm pouco em comum, além de algumas aulas e uma maçante dupla de “ex” — Scarlett e Barney. Mas, apesar disso, eles não conseguem se desgrudar desde que ¬ ficaram pela primeira vez.


Sempre é difícil começar uma resenha de um livro que tanto gostamos, porque queremos falar muito, rs, mas irei me controlar. Jeane Smith, blogueira, 17 anos, sem papas na língua  uma  dork, tem seu próprio estilo e não esperar ser aceita pelos outros, famosa e respeitada na internet, porém isso não ocorre muito na sua escola. Michael Lee (aiai Michel Lee ) capitão do time da escola, líder do conselho estudantil, inteligente e gato. Jeane não suporta Michael e ele a ela, mas ela não é cega e claro que o acha bonito, mas ela é Jeane Smith e não se deixa intimidar.

Jeane é diferente, prefere ficar só, é autoritária, um tanto egocêntrica rs e sarcástica(adoro), acho que isso me fez gostar muito dela e esse conjunto é o que fez ela ter sido uma ótima personagem, pois apesar desta faixada, nem tudo é o que parece. Michael é um fofo, lindo [tenho um sorriso bobo por asiáticos(quem acompanha o blog, sabe que falo sobre doramas as vezes)], no início as discussões dele com Jeane são o ponto alto do livro, aliás qualquer coisa entre eles. E depois que eles se conhecem um pouco mais, eles se completam, ele entende ela, mas ainda sim não se deixa intimidar. E ai vem as situações hilárias entre eles, principalmente em não serem descobertos e alguns momentos de intimidades ( a franqueza de Jeane, só rindo). Os outros personagens, no início eles aparecem um pouco mais, Scarlette, bem tonta no começo, assim como Barney, a vontade que deu foi de bater nos dois, mas no fim deu certo, porque assim eles “propiciaram Jeane e Michael”.

Próximo ao fim, depois de algumas coisas, a autora trás as inseguranças de Jeane, que pode ser a de qualquer um de nós, querer ser diferente ou querer ser aceita e mesmo quando diferente, as vezes pode ser inevitável se sentir um tanto magoada por não ser aceita. Capítulos curtos e intercalados entre a Jeane e Michael (adoro, ver as coisas por ambos os lados). Formatação agradável (páginas amarelas, fonte em boa numeração, capa e dorso bem trabalhados). Uma narrativa leve, rápida, pois flui bem, com ótimos diálogos, mesclando sarcasmo e bom humor. Se me permitem o trocadilho, o livro e os personagens Jeane e Michael, são Adoráveis!


Como eu disse no face, o livro foi o motivo da melhora do meu humor, com direito a risadas e suspiros e resultado, devorei o livro e me apaixonei pelo Michael Lee  rs  Obvio que é mais um livro para entrar para os favoritos e claro, eu super indico a leitura! 



Onde Comprar: Fnac / Saraiva / Travessa / Buscapé (Todas as ofertas).
Alguém já eu? gostou? Quem pretende ler?
Beijos tuk tuk tuk :*

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Meu Amor, Meu Bem, Meu Querido - Deb Caletti ( Resenha # 115)

Páginas: 240
Editora: Novo Conceito
Capa: ★★
História:  ★★
SINOPSE: É verão no nordeste da cidade de Nine Mile Falls e Ruby McQueen, de 16 anos, comumente conhecida como A Garota Calada, está saindo com o maravilhoso, rico e louco por emoções Travis Becker. No entanto, Ruby está num beco sem saída e percebe que se arrisca cada vez mais quando está com Travis. Em um esforço para manter Ruby ocupada, sua mãe, Ann, a arrasta para o clube de leitura semanal que ela comanda. Quando descobrem que uma das criadoras do clube é a protagonista de uma trágica história de amor que estão lendo, Ann e Ruby planejam um encontro dos amantes de longa data. Contudo, para Ruby essa missão acaba sendo muito mais do que apenas uma viagem...


O livro nos mostra a vida de Ruby de 16 anos, no início uma garota retraída  insegura, que passava por alguns(vários) micos. Quando ela conhece Travis, no início ela se mostra que não tá nem ai, aceita tudo o que ele faz, assim ele a acha corajosa, e ela gosta disso, então permite todas as coisas que ele impõe(burra). É nesse contexto que se desenvolve a história, nas aventuras de Ruby e Travis, até que um dia ele vai longe demais e ela decide ficar longe dele. Ela se aproxima das amigas de sua mãe, que faz parte do clube das Rainhas das caçarolas e ai ela vai descobrindo que pode ser outra, que pode agir diferente.

Formatação do livro é agradável aos olhos, páginas amarelas e boa numeração da fonte. Como julgo o livro pela capa(fofa), achei que encontraria uma boa história, mas não curti tanto. No início e metade do livro tava achando a Ruby uma bocó, depois pelo menos ela melhorou. Imaginei uma história diferente, não me senti cativada pelos personagens e nem pela história. Mesmo não gostando das ações da personagem quando estava com Travis, ainda sim, esse era um dos momentos que esperava na história. Não gostei da forma como foi desenvolvida a história dos dois e como se não bastasse depois de um tempo, ou melhor, do que aconteceu, o Travis apenas “sumiu” da história e ai começa a fase em que a Ruby passa com as Rainhas das Caçarolas, que na minha opinião tomou muito do livro e ainda sim achei chato e dispensáveis em sua grande maioria a exceção de algumas passagens. Mas é um livro que apesar de tudo que foi mencionado a leitura é rápida e outras pessoas podem gostar, só não foi o momento pra mim.


Leia a resenha de outro livro desta autora Um Lugar para Ficar aqui

Onde Comprar: Saraiva / Submarino  / Fnac / Buscapé (todas as ofertas)

Lembrando que o top comentarista vale esse livro.

Beijos :* tuk tuk tuk  

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Apegados - O que a ciência pode fazer para ajudá-lo a encontrar e a manter o amor - Amir Levine, Rachel S.F. Heller (Resenha # 114)

Páginas: 304
Editora: Novo Conceito
Capa: ★★
História:  ★★

SINOPSE: Cada vez mais fazemos uso da pesquisa científica para conquistar melhor qualidade de vida. Sabemos o que devemos ou não comer, conhecemos o tipo de exercício que devemos praticar e por quanto tempo devemos fazê-lo, aprendemos alternativas viáveis para conquistar o sono revigorante... No entanto, nossos relacionamentos amorosos, parte importante de nossa vida, não parecem tão avaliados e estudados. Geralmente temos a sensação de que essa coisa de amor é um assunto da sorte.
Mas será possível que a ciência explique por que algumas relações são produtivas e enriquecedoras, enquanto outras nos deixam perturbados e alienados? Pode a ciência explicar como muitos criam vínculos amáveis sem esforço algum, enquanto outros têm que lutar tanto pelo amor? Para o psiquiatra Amir Levine e a psicóloga Rachel Heller, a resposta é um evidente “sim”.
Em "Apegados" — livro baseado nas pesquisas da Teoria do Apego, de John Bowlby —, os autores revelam como compreender os mecanismos de afeição que se criam entre os adultos, o que certamente nos ajudará a encontrar e a manter o amor. Seja você do tipo “ansioso”, “seguro” ou “evitante”, Levine e Heller se encarregam de oferecer instrumentos suficientes para que você possa construir relações mais fortes e reparadoras com as pessoas que ama.



Apegados  nos mostra os tipos de apegos, como podemos identificar em nós e nos outros, como fugir do tipo de apego evitante que normalmente não trás bons relacionamentos. Como fazer para ter bons relacionamentos usando os conselhos e métodos do seu tipo de apego. Os autores descrevem detalhadamente cada um deles, como aprender ou de como evitar algumas situações que atrapalhem o relacionamento. Como identificar quando o relacionamento está seguindo como deveria ser de acordo com tipo de apego da pessoa, um verdadeiro manual.


Acho a capa bonita e o título tem tudo a ver com a história. Formatação é agradável aos olhos (fonte em boa numeração e páginas amarelas). Achei interessante algumas ideias, assim como os exemplos de situações de alguns casais. Achei legal alguns testes propostos. Porém depois de um certo tempo fui achando um pouco cansativo. Acredito que pessoas que estudem o  comportamento humano e também o das relações teriam uma ótima leitura, pois atribuiria mais conhecimentos ao seus interesses, porém para pessoas que gostem do gênero o livro também traria um bom entretenimento.

Onde comprar: 
Saraiva / Cia dos Livros / Buscapé (todas as ofertas)

Beijos tuk tuk tuk :*