Menu

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Bruxa da Noite - Primos O'Dwyer #1 - Nora Roberts (Resenha 159)

Páginas: 320
Editora: Arqueiro
Capa: ★★

História:  


Sinopse: Com pais indiferentes, Iona Sheehan cresceu ansiando por carinho e aceitação. Com a avó materna, descobriu onde encontrar as duas coisas: numa terra de florestas exuberantes, lagos deslumbrantes e lendas centenárias – a Irlanda. Mais precisamente no Condado de Mayo, onde o sangue e a magia de seus ancestrais atravessam gerações – e onde seu destino a espera. Iona chega à Irlanda sem nada além das orientações da avó, um otimismo sem fim e um talento inato para lidar com cavalos. Perto do encantador castelo onde ficará hospedada por uma semana, encontra a casa de seus primos Branna e Connor O’Dwyer, que a recebem de braços abertos em sua vida e em seu lar. Quando arruma emprego nos estábulos locais, Iona conhece o dono do lugar, Boyle McGrath. Uma mistura de caubói, pirata e cavaleiro tribal, ele reúne três de suas maiores fantasias num único pacote. Iona logo percebe que ali pode construir seu lar e ter a vida que sempre quis, mesmo que isso implique se apaixonar perdidamente pelo chefe. Mas as coisas não são tão perfeitas quanto parecem. Um antigo demônio que há muitos séculos ronda a família de Iona precisa ser derrotado. Agora parentes e amigos vão brigar uns com os outros – e uns pelos outros – para manter viva a chama da esperança e do amor.

O livro começa contando o passado, sobre a bruxa da noite e sua família, seu marido humano e seus três filhos, sendo que cada filho tinha um guardião.
Até que a luta entre Sorcha (a brucha da noite) e Cabhan termina momentaneamente, mas ele ressuscitaria e o poder de Shorcha atravessaria gerações, chegando até Branna,Connor  e Iona..Tudo começa a se agitar quando Iona se muda para Irlanda, em busca de aceitação, de si mesma e de sua magia. Logo ela passa a trabalhar para Boyle e Finn, surgindo assim uma forte atração entre Boyle e Iona, mas ao tentar sufocar, só aumenta ainda mais. Branna tenta ensiná-la a controlar seu poder, pois a luta mais uma vez com Cabhan está chegando e ele observa e fica a espreita a cada passo dela, afinal ela é a terceira Bruxa e os três juntos são fortes.


A narrativa no inicio é um pouco mais lenta, mas a medida que passamos a conhecer Iona, isso muda. Além dos irmãos e de Iona, Finn, Boyle e Meara fazem parte do círculo, cada um tendo seu papel. Finn tinha sangue de Cabhan e eu fiquei cismada todo o tempo. Os personagens são ótimos e não ficaram devendo em nada.  Os diálogos entre Boyle e Iona eram ótimos, ele era teimoso, um tanto conservador e Iona queria amor e não media as palavras, o que tornava tudo mais interessante. Branna e Finn sempre se evitando e uma tensão sempre os circulava. A mesma tensão com Connor e Meara. União, amizade e confiança, ajudam os personagens a se manterem firmes com uma luta iminente, sem saber como terminará e quem vencerá. Os personagens são cativantes e terminei o livro como se todos fizessem parte do meu dia a dia.


Acompanhe a editora nas redes sociais: Face Twitter / Insta

Esse post está valendo para o Top Comentarista Aqui .

Beijos e até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar no Ensaios de uma Leitura!
Volte Sempre!

Bjkas ^_^