Menu

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Paixão ao Entardecer - Os Hathaways #05 - Lisa Kleypas (Resenha #158)

Páginas: 288
Editora: Arqueiro
Capa: ★★

História:  
★ 

SINOPSE: Paixão ao Entardecer - Mesmo sendo uma família nada tradicional, quase todos os irmãos Hathaways se casaram, até mesmo Leo, que era o mais avesso a essa ideia. Mas para a caçula Beatrix, parece não haver mais esperança. 
Dona de um espírito livre, apaixonada por animais e pela natureza, Beatrix se sente muito mais à vontade ao ar livre do que em salões de baile. E, embora já tenha frequentado as temporadas londrinas e até feito algum sucesso entre os rapazes, nunca foi seriamente cortejada, tampouco se encantou por nenhum deles. 
Mas tudo isso pode mudar quando ela se oferece para ajudar uma amiga. 
A superficial Prudence recebe uma carta de seu pretendente, o capitão Christopher Phelan, que está na frente de batalha. Mas parece que a guerra teve um forte efeito sobre ele, e seu espírito, antes muito vivaz, se tornou bastante denso e sombrio. 
Prudence não tem a menor intenção de responder, mas Beatrix acha que ele merece uma palavra de apoio – mesmo depois de tê-la chamado de estranha e dito que a jovem é mais adequada aos estábulos do que aos salões. Então começa a escrever para ele e assina com o nome da amiga. Beatrix só não imaginava o poder que as palavras trocadas teriam sobre eles. 
De volta como um aclamado herói de guerra, Phelan está determinado a se casar com a mulher que ama. Mas antes disso vai ter que descobrir quem ela é.



Esse é o quinto e último livro dos Hathaways (chora!!!), ele conta a história da Bea, Beatrix Heloíse Hathway, como já vimos nos livros anteriores percebemos que ela é uma das mais excêntricas, afinal não gosta muito da vida social, prefere os bichos e fala o que pensa. Bea está com 22 anos e ainda não encontrou um pretendente, afinal nenhum deles à agrada.  Até que junto com sua amiga Prudence (vaca!) ela vai escrevendo cartas para o Capitão Christopher  Phelan, que está na guerra. Bea escreve e recebe as cartas por Prudence, que não dá à mínima. Porém, ela resolve parar, pois esta gostando dele através das cartas. O mais interessante é quando ele retorna e busca uma “Prudence com alma de Beatrix”. O Capitão está com seus próprios fantasmas pós-guerra e um temperamento difícil, mas Bea está certa que pode ajudá-lo mesmo que ele não tenha pedido e fará de tudo para curá-lo, assim como ela faz com seus bichos quando estão machucados.


Já falei que amo essa série e estou triste por ser o final, mas alegre por conhecer todos eles agora. Nesse, vemos passagens de todos os integrantes da família, mais louca, divertidas e adoráveis de Hampshire, fato que eu adorei, pois assim ficamos sabendo um pouco como está a vida de cada um. A sequência segue como os demais livros, leitura cativante e rápida, ao menos para mim. Beatrix é bem decidida do que quer e isso traz ótimas cenas, afinal para a época delas, tudo o que Bea faz é pouco convencional, principalmente no que diz respeito também ao Capitão Phelan. A Lisa Kleypas escreve e descreve com maestria, adoro a narrativa dela, enredo, personagens, tudo! Ela consegue cativar, entreter e nos manter interessados, comigo foi assim em todos os livros da série e com esse não foi diferente. Fica agora as recordações de uma boa série, de uma boa leitura finalizada, com direto a romance, humor e ótimos diálogos e com certeza indico para vocês.





Acompanhe a editora nas redes sociais: Face Twitter / Insta
Onde Comprar:  Saraiva / Submarino

Finalizei a série, alegre por conhecer todos os episódios e triste pois fica o gostinho de quero mais. Alguém já leu algum livros da série ou pretende ler? Deixe seu comentário, pois ele é muito importante.

Esse post está valendo para o Top Comentarista Aqui .

Beijos e até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar no Ensaios de uma Leitura!
Volte Sempre!

Bjkas ^_^